Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.faema.edu.br:8000/jspui/handle/123456789/2670
Título: ESQUEMAS DESADAPTATIVOS EM MULHERES VÍTIMAS DE VIOLÊNCIAS NAS RELAÇÕES ÍNTIMAS
Autor(es): OLIVEIRA, ALINE MARTINS DE
Palavras-chave: Esquemas iniciais desadaptativos
violência nas relações íntimas
Terapia de Esquemas
Data do documento: 2018
Resumo: Os Esquemas Iniciais Desadaptativos são compreendidos como estruturas de condutas e comportamentos que são oriundas das necessidades básicas infantis. A violência nas relações íntimas esta além da violência doméstica, uma vez que envolve vínculo intimo e afetivo, ou seja, trata-se de violência que ocorre entre pares. Objetivos: O presente estudo realizou o levantamento dos esquemas desadaptativos em mulheres vítimas de violência nas relações íntimas, verificando as influências das relações primárias sobre os comportamentos disfuncionais das vítimas em relações íntimas abusivas e como as mesmas expressam seus comportamentos diante da violência. Métodos: Trata-se de uma pesquisa de campo, de abordagem mista, partindo dos pressupostos teóricos da Terapia de Esquemas de Jeffrey Young, utilizando como instrumentos para coleta de dados: Questionário de Esquemas de Young - YSQ-S3, Questionário sociodemográfico e Escala de Violência entre Parceiros Íntimos – EVIPI. Avaliou-se 30 mulheres vítimas de violências nas relações íntimas, com idades acima de 19 anos que estiveram presente na Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher – DEAM, no município de Ariquemes-RO. Resultados/Discussão: Como esquemas prevalentes em mulheres vítimas de violências nas relações íntimas, estão auto sacrifício, negativismo, abandono, vulnerabilidade, padrões inflexíveis, desconfiança e privação emocional, sendo comum o predomínio de esquemas do I domínio – desconexão e rejeição. Conclusão: Os dados da pesquisa corroboram com os pressupostos teóricos de Young (1990) no que concerne as influências das relações primárias precárias sobre as relações íntimas disfuncionais, como também o uso esquemas desadaptativos pelas vítimas, tendo em vista que as mesmas utilizam como processo esquemático a manutenção/resignação o que influi na permanência na relação íntima abusiva
Descrição: Monografia apresentada ao curso de graduação em Psicologia da Faculdade de Educação e Meio Ambiente – FAEMA, como requisito parcial à obtenção do grau de bacharel em Psicologia. Profª. Orientadora: Ma. Gésica Borges Bergamini.
URI: http://repositorio.faema.edu.br:8000/jspui/handle/123456789/2670
Aparece nas coleções:TCC - Psicologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
agora foi.pdf3,42 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.