Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.faema.edu.br:8000/jspui/handle/123456789/1660
Título: A UTOPIA DA PLENA FELICIDADE E A EXPRESSÃO DA HISTERIA DAS MASSAS NA CONTEMPORANEIDADE
Autor(es): ROCHA, VICTOR HUGO COELHO
BERGAMINI, GÉSICA BORGES
SAMUELSSON, EVILIN
JONER, CRISTIELLI
SCHNEIDER, LUIZ FERNANDO
Data do documento: Jan-2018
Resumo: Fornecendo uma análise reflexiva sobre o conceito de felicidade postulado por Sigmund Freud em seu trabalho intitulado como “O Mal Estar na Civilização”, obra na qual Freud desenvolveu reflexões que contemplam as exigências impostas pela civilização e a busca incansável pela felicidade, correlacionando com a dificuldade da então plenitude da existência, ou felicidade plena. Objetivos: Compreender e conceituar o conceito de felicidade e sua dinâmica na perspectiva de Freud, utilizando os percursores da obra supracitada. Métodos: Trata-se de uma análise literária com revisão bibliográfica, pois realizou-se uma leitura e busca de materiais literários que dialogassem com a perspectiva da obra e autor principal. Resultados/Discussão: o conceito de felicidade e a sua dinâmica está relacionado com os fatores psíquicos e a forma de defesa do ego, observou-se como ocorre à sublimação, mecanismo de defesa proposto por Freud, durante esse processo, e como essa dificuldade em lidar com o real pode desencadeia uma histeria coletiva, a saber, a histeria das massas, a partir da inserção do indivíduo na sociedade do espetáculo. Consideração: apesar do tempo em que a obra foi escrita pode-se olha para a sociedade atual e observar uma histeria das massas na contemporaneidade, levando em conta as características da cultura contemporânea e como os indivíduos vêm se posicionando frente a ela.
Descrição: Acadêmico de Psicologia da Faculdade de Educação e Meio Ambiente – FAEMA. Autor principal desta pesquisa. Email: [email protected] ORCID: https://orcid.org/0000-0002-4783-8359; 2 Mestra, Psicóloga e Orientadora desta pesquisa. Professora da Faculdade de Educação e Meio Ambiente – FAEMA. E-mail: [email protected] ORCID: https://orcid.org/0000-0003-0598-5366; 3 Mestra, Bióloga e Colaboradora desta pesquisa. Professora da Faculdade de Educação e Meio Ambiente – FAEMA. E-mail: [email protected] ORCID: https://orcid.org/0000-0002-0508-2709; 4 Especialista, Fisioterapeuta e Colaboradora desta pesquisa. Professora da Faculdade de Educação e Meio Ambiente – FAEMA. E-mail: [email protected] ORCID: https://orcid.org/0000-0002-7476-667X; 5 Especialista, Fisioterapeuta e Colaborador desta pesquisa. Professor da Faculdade de Educação e Meio Ambiente – FAEMA. E-mail: [email protected] ORCID: https://orcid.org/0000-0002-7945-2581.
URI: http://repositorio.faema.edu.br:8000/jspui/handle/123456789/1660
Aparece nas coleções:Revista Científica FAEMA

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ROCHA et al..pdf489,89 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.