Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.faema.edu.br:8000/jspui/handle/123456789/3134
Título: INFLUÊNCIA DE BIOESTIMULANTE NAS CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS DA SOJA, NA REGIÃO DO VALE DO JAMARI-RO
Autor(es): SILVA, ISABELY RODRIGUES
Cipriani, Lucas Pedro
Palavras-chave: Glycine max
Produtividade
Variáveis
Aplicação foliar
Bioestimulantes
Data do documento: 2022
Resumo: Em relação à produção de grãos, a soja (Glycine max L.) é a principal cultura agrícola em área cultivada do Brasil, tanto para exportação quanto para consumo interno. O uso de novas técnicas culturais tem sido uma das formas de buscar melhoria na produtividade. A aplicação de produtos bioestimulantes pode proporcionar incremento no desenvolvimento vegetal e produtividade dessa cultura. Objetivou-se com este trabalho avaliar o desempenho agronômico da cultura da soja em função da aplicação do Stimulate®. Foi instalado no campo experimental da Agrovale, município de AriquemesRO, um experimento com a cultura da soja, cujo objetivo foi avaliar a utilização de um produto bioestimulante (composto de auxina, citocinina e giberelina) em aplicação via foliar em diferentes estádios fenológicos da cultivar de soja BMX Olimpo-IPRO, grupo de maturação 8.0 e hábito de crescimento indeterminado.O delineamento experimental empregado foi blocos casualizados (DBC), com 4 tratamentos e 4 repetições. Os tratamentos foram compostos de diferentes doses de bioestimulante, aplicados no estádio V6 e R2/R3 da cultura, T1 – Controle (nenhuma aplicação), T2 – 0,25 L ha-1 (V6) e 0,25 L ha-1 (R2/R3) T3 - 0,50 L ha-1 (V6) e 0,25 L ha-1 (R2/R3), T4 - 0,50 L ha-1 (V6) e 0,50 L ha-1 (R2/R3) e quatro repetições, totalizando dezesseis unidades experimentais. O produto utilizado foi o Stimulate®. Assim, avaliou-se as seguintes variáveis: estande de plantas, altura de plantas, engalhamento, nós na haste principal, nós nas hastes laterais, número de vagens por planta, número de grãos por vagem, peso de mil grãos (PMG) e produtividade. As análises estatísticas foram realizadas utilizando o software Agroestat e as médias comparadas pelo teste de Tukey, a 5% de probabilidade. A maior produtividade média resultou 85,44 sc ha-1 , obtida pelo tratamento 3, seguida do tratamento 4 que atingiu valor médio de 83,98 sc ha-1 .
URI: http://repositorio.faema.edu.br:8000/jspui/handle/123456789/3134
Aparece nas coleções:TCC - Agronomia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC - Isabely Rodrigues Silva.pdf984,4 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.